Tags

Patio del Liceo

livro

diga-me o que vestes, que te direi quem és

Fechando a trilogia (1, 2) de posts sobre os “novos” livros, durante visita rápida a mi Buenos Aires querido ♫, me encantei por “Grandes Vestimentas” do ilustrador portenho Javier Velasco (em uma de minhas livrarias favoritas por lá #dica). Em formato retangular, é um compilado de tiras temáticas com cinco desenhos de trajes célebres, seja pela roupa em si, ou por quem a usava.

“Grandes Vestimentas”, Javier Velasco (3 de 3)
 – clique na figura para ver a galeria de imagens

#bookdodia

O autor descreveu seu processo criativo, do primeiro rabisco ao livro:

“A ideia do livro surgiu há muitos anos. Um amigo apareceu com um suéter muito estranho e eu, de brincadeira, perguntei se ele tinha roubado do Bill Cosby. Como as pessoas que estavam na roda não ligaram a roupa a pessoa fiz um desenhinho rápido do suéter para explicar quem era.

personagens de TV dos anos 80

Não tenho interesse especial por roupa ou pela moda, mas gostava da ideia das vestimentas identificarem personagens e juntá-las por categoria. Na ocasião ainda não existia todas as facilidades da internet, então comecei a recortar revistas, mas dava muito trabalho e deixava minhas mãos coloridas de tinta. Com o tempo (e a internet) fui retomando o trabalho e postando as tiras no meu blog.

presidentes latino-americanos
líderes pela paz
punk
ídolos anos 90
pilotos
A Galería Editorial tinha vontade de publicar trabalhos meus. A ideia inicial não era esse livro, mas como as tiras estavam prontas foi mais fácil. Desenhei mais algumas para publicá-lo.

Hanna Barbera

figurinos lendários
sexy symbols
Percebi que é um livro que interessa muita gente, além dos fãs de quadrinhos ou de moda. Já vi gente tapando os nomes dos personagens para brincar de adivinhar”.
grandes estilistas – esse não tá no livro

***
Falando em Bill Cosby, teve até votação especial para eleger seu melhor suéter. Confira o resultado: http://billcosby.com/polls. No vídeo ele comenta o vencedor e outros tricôs emblemáticos:

design, entrevista, viagem

um novo vintage em Buenos Aires

Buenos Aires é uma cidade incrível para os “arqueólogos” da moda. A estilista Ana Paula Ponce sabe bem disso. Nascida em La Pampa, ela é fã das ferias americanas” (como são chamados os brechós aqui na Argentina) e há três anos criou a Bi Order.

A marca tem duas linhas. A primeira segue os padrões, primavera/ verão – outono/ inverno, e a segunda, chamada “vintage”, é perene e feita com roupas que ela garimpa, reforma e transforma.

peças vintage e do primavera/ verão 2013 da Bi Order

Paula cria roupas cheias de glamour. Adora as décadas de 1920, 70 e 80 e Alexander McQueen. Prefere não se atrelar as tendências.

fotos da linha Vintage

coleção verão 2013

Além das roupas Paula também gosta de buscar acessórios e objetos antigos. No espaço que abriu neste ano na Galeria Patio del Liceo (que falei no outro post) tem um cavalo de carrossel antigo,  luminárias de época. “Num futuro próximo queria que vender também objetos da Bi Order”, conta. Com um grande sorriso no rosto ela mesma atende os clientes.

essa é Paula é da turma do Margiela e odeia fotos 😉

decor da Bi Order



Vai lá:
Bi Order – Galeria Patio del Liceo
Av. Santa Fé, 2729 (entre Laprida e Anchorena)
A loja não fica aberta sempre – antes da visita envie mensagem via facebook

música

Um desenho que canta

ó:


Drawdio em Buenos Aires from moda pra ler / Laura Artigas on Vimeo.

Galeria Patio Del Liceo

Drawdio é o invento de um estudante de PhD do MIT que faz um desenho virar um instrumento musical. Conheci o aparato pelo Uli Kaucic, que usa o drawdio como instrumento em sua banda.

O drawdio (150 pesos) e outros instrumentos aparentemente estranhos podem ser comprados no espaço multitarefa que o Uli mantém com um amigo.  O lugar funciona também como cabeleireiro e brechó. Está na Galeria Patio del Liceo, um dos meus lugares favoritos de Buenos Aires. Vejam as fotos: